Polícia Militar do Piauí logo
Equoterapia
Equoterapia
Equoterapia
Desenvolvimento, reabilitação na equitação

Atualmente a Polícia Militar conta com dois centros de Equoterapia, sendo um na cidade de Parnaíba e outro na capital, que atendem gratuitamente o público de todas as camadas sociais que necessitam da terapia do cavalo. A Equoterapia no Piauí começou a ser desenvolvida no ano de 2002, na capital, através de uma iniciativa de alguns policiais militares. A partir de 2004 com a inauguração do seu Núcleo – sede em Teresina, seguiu–se o projeto através de uma parceria entre a Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência – SEID Coordenadoria à época) e a Polícia Militar do Piauí através de seu Esquadrão de Polícia Montada. No dia 29/05/2008 foi realizada a reinauguração da sede com uma estrutura física reformada, ampliada e mais confortável, visada pelo atual Comandante, que buscou atender melhor às necessidades dos praticantes, seus seus familiares e dos técnicos do projeto. 

A Equoterapia é um método terapêutico, paralelo à terapia tradicional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar utilizando-se das áreas da equitação, saúde e educação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou necessidades especiais. O tratamento equoterápico é indicado nos casos de atraso do desenvolvimento neuropsicomotor, síndrome de Down, paralisia cerebral, autismo, AVE (Acidente Vascular Encefálico), esclerose (diversas), transtorno de ansiedade, transtorno depressivo, dentre outros quadros clínicos, sendo um método terapêutico que contribui de forma prazerosa na reabilitação e reeducação de crianças, adolescentes e adultos através de atividades que promovem melhoras na coordenação motora, no equilíbrio e na postura, na atenção e concentração, na autoestima e no processo de ensino – aprendizagem para o praticante. A equoterapia trabalha não só a parte motora e postural, mas também a afetividade. As sessões duram cerca de 45 minutos e envolvem uma equipe multidisciplinar, que, dependendo das necessidades da criança, pode incluir psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e fisioterapeutas

O Centro de Equoterapia funciona de segunda a sexta-feira, nos períodos da manhã e tarde, realizando programas de hipoterapia, educação/reeducação e pré esportivo. Atualmente, o Centro atende cerca com 64 praticantes divididos nos dois turnos. Contudo há uma necessidade real de ampliarmos o numero de atendimento, o que esta sendo  buscado    através do apoio e, imprescindível colaboração de seus Parceiros, e em especial o apoio: do Exmo sr  Dep Estadual Henrique Rebelo- Secretario  Estadual da  SASC,  Exmo Sr Mauro Eduardo – Secretario Estadual da SEID e   da Exma. Sra Rejane Dias- Dep Federal e  Secretária Estadual  de Educação .