Polícia Militar do Piauí logo
BPCom
Batalhão de Policiamento Comunitário - BPCOM
POLÍCIA COMUNITÁRIA

A polícia comunitária é uma filosofia estratégica que busca uma parceria entre a polícia e a população com base na crença de que a união das duas instituições gera uma otimização da segurança pública através da identificação e resolução dos problemas sociais que prejudicam o convívio harmônico dos cidadãos.

 Os problemas vão de crimes mais graves a uma simples discussão entre vizinhos e a presença da polícia na resolução desses males sociais é de extrema importância para melhorar a qualidade geral de vida na área. O policiamento comunitário acredita que os meles sociais como drogas, medos, desordens, entre outros, terão soluções cada vez mais eficientes, na medida em que haja a participação de todos na sua identificação, análise e discussão.

Os pressupostos da filosofia de policiamento comunitário são:

Ação pró-ativa
O policiamento pró-ativo age preventivamente para evitar que os delitos aconteçam. Para isso é essencial serem identificados os locais, horários, pessoas ou circunstâncias propícias à ocorrência delituosa.

Ação preventiva
A presença ostensiva, correta e vigilante do policial estabelece um clima de confiança no seio da comunidade, e inibe a ação da delinquência.

Integração dos sistemas de defesa pública e defesa social
A parceria e a cooperação entre a polícia e a comunidade potencializam os efeitos positivos. A busca compartilhada de soluções conjuntas evita a dispersão dos esforços, e auxilia a identificação dos problemas que afetam a todos.

Transparência
A promoção de reuniões para a exposição das atividades desempenhadas pela polícia, e a troca de informações com a comunidade para a análise dos seus efeitos; estimulando a participação e o envolvimento do cidadão na busca conjunta da melhoria da qualidade da segurança.

Cidadania
O policial deve ser propagador da noção de cidadania; solicitando a participação de todos nos problemas que atingem a comunidade.

Ação Educativa
A orientação, o aconselhamento e a advertência devem sempre anteceder as ações repressivas. As ações educativas não podem ocorrer apenas no momento das infrações, mas através dos organismos comunitários encarregados de promoverem a defesa social da comunidade, principalmente junto às escolas e associações; promovendo-se palestras, campanhas e outras formas de divulgação e orientação.


RONDA CIDADÃO: MAIS CIDADANIA PARA A COMUNIDADE

Para estar mais presente no dia-a-dia da sua comunidade e proporcionar mais segurança o Governo do Estado do Piauí, através da Polícia Militar, implanta o “Ronda Cidadão”, com o objetivo de levar segurança preventiva, 24h por dia, para Teresina e todo o Piauí e assim agilizar o atendimento das ocorrências. Com o Ronda Cidadão o relacionamento entre a polícia e a comunidade fica mais próximo, ampliando os laços de cooperação, confiança e respeito.

Este modelo de segurança já é utilizado em outros países e estados do Brasil, onde foram constatadas, por meio de pesquisas, melhorias significativas na qualidade de vida e de bem-estar de todos, pois oferece melhores condições para que os cidadãos possam trabalhar, produzir, divertir-se e viver com segurança.

TRANQUILIDADE: POLÍCIA MAIS PERTO E MAIS RÁPIDA

A polícia Militar mais perto de você. Este é o slogan do Ronda Cidadão. Na prática significa que o cidadão está mais seguro com um policiamento mais próximo e mais acessível. Teresina, a primeira cidade do Piauí a ser beneficiada com o Ronda Cidadão, passa a ser dividida em módulos com área média de 2km². Cada um destes módulos é patrulhado por uma equipe de 15 policiais militares treinados, divididos em 5 grupos de 3 PMs, que se revezam 24h por dia para oferecer segurança à  comunidade.

 Para aproximar mais a Polícia da população, os PMs responsáveis por cada módulo  visitam todas as residências entregando material explicativo com o número   de telefone de cada área/módulo para que, a qualquer ocorrência, o cidadão possa fazer contato  imediato com a viatura. Cada uma destas viaturas do Ronda Cidadão circula exclusivamente no módulo específico para aumentar a velocidade  de atendimento de uma ocorrência

TECNOLOGIA: SEGURANÇA MAIS EFICIENTE

A presença da Polícia Militar, através do Ronda Cidadão, previne a violência e aumenta   a segurança nas ruas. O uso da tecnologia e de recursos humanos capacitados constitui um grande  reforço no trabalho de prevenção da violência.

Cada equipe do Ronda Cidadão dispõe de uma moderna a viatura equipada  com tecnologia de ponta e um telefone celular para receber chamadas específicas  de cada módulo. Todas as chamadas telefônicas são coordenadas por uma central de polícia (COPOM).

 Com a implantação do Ronda Cidadão a PM do Piauí passa a contar com novos softwares que possibilitam a automação das informações de segurança coordenados pela PM. Fazendo uma ligação para o Ronda Cidadão você entra em contato com a viatura da área onde você mora e o atendimento é imediato.

DICAS DE SEGURANÇA

• Evite falar ao telefone celular enquanto caminha na rua. Isso vai deixar você distraído(a), tornado-se uma vítima fácil

• Bolsas e compras devem ser conduzidas na frente do corpo, segurando com firmeza as alças.
• Evite ficar sozinho(a) em pontos de ônibus isolados, especialmente a noite.
• Fique atento(a) quando chegar ou sair de casa. Nessas situações acontece a maioria dos roubos e seqüestros. Na entrada ou saída, preste atenção a movimentações estranhas ou a presença de pessoas estranhas.
• Não reaja a assaltos. Não Fuja. Evite fazer gestos bruscos que possam ser confundidos como reação. Mantenha-se calmo.
• Não permaneça muito tempo dentro de um carro estacionado.
• Quando for realizar atividades físicas evite andar com cartões de crédito, grandes quantias em dinheiro ou jóias que chamem atenção.
• Portas e portões devem permanecer sempre trancados.