INFORMAÇÕES E SERVIÇOS PARA O CIDADÃO
Polícia Militar do Piauí logo
+ Mais Notícias...
Últimas Galerias de Fotos
SOLENIDADE MILITAR: 182 ANOS DA PMPI
SOLENIDADE MILITAR: 182 ANOS DA PMPI
 
CELEBRAÇÃO DO DIA DAS MÃES 2017
CELEBRAÇÃO DO DIA DAS MÃES 2017
SOLENIDADE AO DIA DE TIRADENTES - 2017
SOLENIDADE AO DIA DE TIRADENTES - 2017
 
CMT GERAL PMPI VISITA UNIDADE DO EXTREMO SUL DO PIAUÍ E ENTREGA VIATURAS
CMT GERAL PMPI VISITA UNIDADE DO EXTREMO SUL DO PIAUÍ E ENTREGA VIATURAS
+ Mais Galerias de Fotos...
BOPE
Batalhão de Operações Especiais - BOPE
Batalhão de Operações Especiais – BOPE

Criado no ano de 2012, o BOPE é a única Unidade com responsabilidade de realizar Operações Especiais no Estado do Piauí conforme a Lei Estadual nº 6.199 de 27 de março de 2012 apresentando os tipos de ocorrências de responsabilidade do BOPE: Resgate de reféns; Rebeliões e motins em estabelecimentos prisionais que envolvam reféns e/ou armas; Combate ao Roubo de Bancos; Combate a marginais fortemente armados e/ou homiziados em locais de difícil acesso; Escoltar e proteger dignitários testemunhas e presos de alta periculosidade; Cumprimento de mandados judiciais de alto risco; Atuar em ocorrências com artefatos explosivos e simulacros; combate ao narcotráfico, busca, apreensão e destruição de drogas.
Anteriormente, existia uma outra divisão sobre este batalhão, que foi sendo desenvolvido e aprimorado com o tempo. Além disso, diversos cursos de capacitação foram feitas para que os policiais que participam e atuam no BOPE pudessem agir de forma excelente nas situações de risco que possam exigir preparo mental e físico. Em 1990 deu-se a criação da CPMOE (Companhia Policial Militar de Operações Especiais) pela lei estadual nº 4.355 de 30.07.90 (lei de fixação do efetivo da PMPI),subordinada ao 1º BPM, não sendo, entretanto implantada na ocasião. No ano de 1991 a então CPMOE passou a designar-se COE (Comando de Operações Especiais), publicado no BCG nº 090 de 15.05.91, ficando subordinado ao CPC (Comando de Policiamento da Capital). Foi realizado no ano de 1997 o “I – EOE” (Estágio de Operações Especiais), e seguiu-se no comando o então Cap PM Cleyton Frota Gomes, nos anos de 1998 a 1999, sendo realizado no ano de 1998 o “CET” (Curso de Especialização Tática), ministrado por Oficiais da PMPA.

No ano de 2003, foi designada missão para elaborar o projeto de criação e de implantar o BOPE (Batalhão de Operações Especiais). Ainda no ano de 2003, foi encaminhado o projeto de criação do BOPE para apreciação do Comando Geral e do Estado Maior da PMPI, sendo aprovado na ocasião, bem como, autorizado pelo Cmt Geral às ações de implementação da Estrutura. No ano de 2003 foi realizado o “I – CATE” (Curso de Ações Táticas Especiais), com a participação inclusive de alunos das Coirmãs PMMA, PMDF, PMMT, PMPA e PMAC. Durante esse perı́odo de amadurecimento e crescimento deste batalhão, foram realizados cursos como:
• “II CATE” (Curso de Ações Táticas Especiais), com a participação inclusive de alunos das coirmãs PMRO, PMMA, PMAC e PMMT.
• 2º CURSO Internacional de Especialização em Técnicas de Intervenção e Operações Antiterrorismo, no “GEO” (Grupo Especial de Operações), no Corpo Nacional de Policia da Espanha, em Guadalajara, tropa que combate o terrorismo na Espanha.
• “CATE” (Curso de Ações Táticas Especiais), na PMCE.
• Curso de Gerenciamento de Crises e Controle de Operações Especiais, na cidade do Rio de Janeiro-RJ, patrocinado pela Embaixada Americana,
• Curso de Estratégias Contraterroristas de Detecção de Ameaça e Vigilância e o Curso de Negociador Tático patrocinados pela Embaixada Americana na cidade do Rio de Janeiro-RJ.
• Curso de atirador de precisão na PMMT e diversos outros cursos.



Polícia Militar do Piauí - Quartel do Comando Geral
Avenida Higino Cunha, nº 1750 Bairro Ilhotas CEP: 64014-220