Polícia Militar do Piauí logo
BPGdas
Batalhão de Guardas - BPGdas
POLÍCIA MILITAR DO PIAUÍ
COMANDO DE POLICIAMENTO METROPOLITANO I
BATALHÃO DE POLICIAMENTO DE GUARDAS


O Batalhão Policiamento de Guardas da PMPI passou a funcionar, de fato, no dia 30 de julho de 1990, e só em 31 de Outubro de 1996 foi definitivamente instituído, por meio do Decreto nº 9.595, com organização própria e competência em todo território do Piauí.

Inicialmente, foi instalado na Rua João da Cruz Monteiro, S/N, bairro Piçarra, no local onde funcionavam as antigas instalações da extinta Companhia de Polícia Feminina e Diretoria de Inativos e Pensionistas da PMPI.  Posteriormente, no dia 19 de fevereiro de 2002, foi transferido para as dependências físicas do Estádio Governador Alberto Silva (Albertão), onde permaneceu até 30 de maio de 2014, quando foi transferido definitivamente para o Quartel do Comando Geral, onde se encontra instalado atualmente, nas dependências de onde funcionava a SEPRO/PMPI.

 O Batalhão de Policiamento de Guardas, por força do dispositivo legal anteriormente citado, foi institucionalmente organizado em  quatro Companhias Isoladas, distribuídas nos seguintes locais:

A 1ª Companhia do Batalhão de Guardas – Companhia de Guardas do Palácio do Governo – é a subunidade responsável pela segurança física da sede do Palácio do Governo e da residência oficial do Governador do Estado, além de realizarem Policiamento Extraordinário: Solenidades, Operações, Eleições, Corso, Carnaval etc. conforme relatório situacional constante no Anexo V.

A 2ª Companhia do Batalhão de Guardas – Companhia de Guardas da Assembléia Legislativa – é a Subunidade responsável pela segurança física da sede do Poder Legislativo e a segurança pessoal dos Deputados Estaduais, além de também realizarem Policiamento Extraordinário: Solenidades, Operações, Eleição, Corso, Carnaval, etc, conforme relatório situacional constante no Anexo VI.
A 3ª Companhia do Batalhão de Guardas – Companhia de Guardas do Tribunal de Justiça – é a subunidade responsável pela segurança física da sede do egrégio Tribunal de Justiça do Estado e a segurança pessoal dos magistrados que compõem aquele poder. Além de realizarem Policiamento Extraordinário: Solenidades, Operações, Eleições, Corso, Carnaval, etc, conforme relatório situacional constante no Anexo VII.

A 4ª Companhia do Batalhão de Guardas – Companhia de Guardas dos Presídios e Órgão Públicos – é a subunidade responsável pela guarda externa dos estabelecimentos prisionais do Estado, realizando vistorias rotineiras, bem como conduções e escoltas dos apenados dentro e fora da Capital, preservando a tranquilidade do sistema prisional do Estado. Fazem ainda parte do rol das suas atribuições, a realização de diversas outras modalidades de Policiamento Extraordinário tipo: Solenidades, Operações, Eleições, Corso, Carnaval, etc, conforme relatório situacional constante no Anexo VIII.

Os policiais da 4ª Cia, além das atividades supracitadas, realizam ainda a segurança patrimonial e pessoal dos Órgãos Públicos do Estado e de seus integrantes, dentre os quais:

• Da sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE/PI), conforme relatório situacional constante;
• Da sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ/PI), conforme relatório situacional constante;
• Das sedes dos Órgãos da Administração Municipal da Prefeitura de Teresina (PMT);
• Da guarda externa das Unidades de Menores Infratores da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC/PI);
• Da sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP/PI);
• Da sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PI);
• Da sede da Vice-governadoria do Estado.